quarta-feira, 22 de julho de 2009

Benvindos a ESPINHO... ?!?!

Benvindo a Espinho é actualmente expressão dificil de pronunciar, muito mais de publicitar...

Durante anos a Cidade de Espinho tinha duas vias de acesso consideradas válidas, a EN109 e a Rua 19 (acesso à N1 no Picoto). Nos anos 90, na sequência dos tempo do betão e do asfalto construíram-se na área de influência da Cidade de Espinho infraestruturas rodoviárias, entre as quais destaco a actual A29 (na altura variante Miramar/Maceda) e o nó da Auto-Estrada A1 e respectivo acesso a Espinho.

Estes investimentos tinham como propósitos a melhoria dos acessos à Cidade de Espinho, reconhecida ainda na altura pela sua atractividade turística (hoje não o fariam por este motivo), facilitar aos eleitores espinhenses a mais fácil integração na área metropolitana da Cidade do Porto, e ainda a redução da distância a que Espinho se mantinha dos principais eixos de circulação (Porto - Lisboa).

Nessa altura ainda se sonhava com investimentos no aérodromo, com parque de exposições e congressos, entre outros... mas os sonhos foram morrendo, ficando para nossa sorte as construções da altura.

Para usufruir com vantagens objectivas da tais vias de circulação rodoviária Espinho necessitava de melhorar as suas próprias infraestruturas rodoviárias municipais de modo a garantir a satisfação de quem entra ou sai da nossa Cidade de Espinho.

Infelizmente aqui começam as más opções e, pior, os nossos problemas.

Espinho que sempre se caraterizou por uma malha urbana absolutamente organizada, e generalizadamente reconhecida e valorizada, ignorou estas valias e seguiu o caminho do facilitismo, provavelmente do compadrio e da conivência, ou conveniência pontual e pessoal.

Os acessos a Espinho foram esquecidos pelos de cá, e hoje temos rotundas impossíveis de contornar por qualquer camião de grandes dimensões que se dirija proveniente das auto-estradas, rotundas mal projectadas, pior construídas, e jamais resolvidas, que foram edificadas sobre veios de água que todos os naturais de Espinho conhecem a existência desde sempre, e que apresentam (para espinhense rir, e alguns inacreditávelmente acreditarem e votarem) todos os cartazes de propaganda politica a envolver uma obra sinalizada com mensagens de breve resolução mas que persistem pelo menos à 2 anos, sem qualquer intervenção efectuada...

O acesso norte está agora a ser melhorado (pela Camara de Gaia) preparando-se esta para tomar conta de nossa cidade tal a pressão urbana e psicológica que este municipio vem demonstrando sobre a sua antiga referência, a nossa Cidade de Espinho.

A sul, nem fará sentido comentar, pois mantemos a configuração existente pelo menos desde 1980.

Quando iremos nós acordar?
Não acredito que esteja para breve...

Para ajudar colocar uns funcionários (não identifiquei se seriam alguns dos muitos folgados assalariados da CME, ou se colaboradores de alguma das empresas ao serviço da CME) com umas duas ou três escavadoras e abrir um nova rua no lado sul da rotunda de acesso a Espinho e A29... pois a rua, que seguindo a lógica espinhense deveria ser paralela ao mar, começa logo com uma curva para contornar duas casas, e uns terrenos, garantindo assim frente de rua a alguns expropriando a outros, e impedindo o futuro organizado a que Espinho deveria estar destinado... a quem pertencerão?!

Espinho precisa de futuro...
É urgente criar um grupo de trabalho, apolitico, capaz de pensar Espinho sem depender dos votos de Espinho, planear a 30 ou 40 anos de distância e construir um compromisso politico transversal sobre temas que não podem estar subordinados à alternância politica ou vulnerável aos interesses pontuais de alguns.

Bem hajam Espinhenses... apresentem a disponibilidade, demonstremos a maturidade e clarividencia deste povo, coloquemos os que não pensam assim no seu lugar, fora de Espinho... e temos já uma boa oportunidade em Outubro...

6 comentários:

Anónimo disse...

Saúdo o seu regresso à blogosfera. Espinho precisa de ideias assim.

MS(Espinho)

PC disse...

Pois fácil não é, manter um blog que se pretende construtivo quando temos que fazer pela vida.. Obrigado.

Anónimo disse...

Bem se vê...eleições à porta (toca a por defeito em tudo)..Espinho melhorou e muito nos ùltimos anos, e para não virem os comentários...,não trbalho em Espinho (resido) nem tenho ligações politicas, nem amizades com autarcas..não vejo é candidato que me "pareça minimamente melhor"

Anónimo disse...

http://www.avareirinha.blogspot.com/

rosamar disse...

entao? o blog parou?

Anónimo disse...

Por favor, dinamizem os espaços culturais! E divulguem! É fundamental dar uma nova vida a Espinho!